Competências necessárias para trabalhar com Direito Digital

Prezados,

Baseado em minha experiência profissional também no ramo de TI, me surgiram questionamentos acerca das competências necessárias para um profissional do Direito trabalhar com Direito Digital.

Ao contrário das áreas de Direito Empresarial, Tributário e Trabalhista, em que os projetos internos dentro de uma empresa têm escopo limitado, envolvendo poucos pares, a área de Direito Digital deve ser vista como mais abrangente dentro da organização, com envolvimento direto dos advogados com os profissionais da área de TI.

Muito já se discutiu no passado sobre a utilização de métodos de gerência de projetos dentro de uma empresa, tais como PMBOK e ITIL, por exemplo. Mas atualmente, vejo na prática a metodologia Agile ser amplamente difundida, inclusive fora do ambiente de Tecnologia da Informação:

https://www.forbes.com/sites/stevedenning/2020/05/03/agile-isnt-new-whats-new-is-c-suite-embracing-it/

https://hbr.org/2020/05/the-agile-c-suite

Desta forma, considerando o perfil atual de trabalho dentro das empresas, questiono aos colegas se também entendem a necessidade de o profissional do Direito que trabalha com Direito Digital adquirir novas competências.

Abraços.

4 Curtidas

Concordo plenamente caro colega. Nós profissionais do ramo do direito precisamos de unir com outros profissionais para trabalhar com o direito moderno, o direito digital. Costumo dizer que hoje, é necessário três pliares: o administrativo, o jurídico e a tecnologia da informação. Logo, em caso de implementação de LGPD, caso fácil de visualizar, é extremamente importante que o profissional do direito esteja atrelado com outros profissionais, haja vista que dentro de uma empresa existem vários ramos, logo, cada um conversará de forma técnica dentro da empresa. Jurídico com jurídico/ administrativo com administrativo/ e profissionais de TI com os profissionais de TI, o que facilitará o trabalho e a implementação da LGPD com qualidade.

1 Curtida

Concordo plenamente. Desde que conheci o direito digital tenho percebido como é importante ter um conhecimento interdisciplinar, o que eu poderia definir como uma mescla entre especialista e generalista.
E um dos fatores mais importantes é conhecimento da tecnologia e da ciência da computação.
E de fato a aproximação e comunicação do advogado com profissionais de outra áreas, inclusive o profissional de TI, pois humanamente impossível ter conhecimento aprofundando em todas áreas, mas de certo que temos que ter noções e entendimento dos conceitos básicos dos conteúdos que nos cercam.
Para isso está aí a LGPD, que vai movimentar basicamente todos setores da empresa, fazendo com que os profissionais trabalhem em conjunto, o que é fundamental pra uma boa implementação de projeto de conformidade a LGPD.

1 Curtida