Operações financeiras pelo WhatsApp

O g1.com anunciou que o WhatsApp disponibilizará ferramenta para a realização de operações financeiras através da plataforma. Assim como o conhecido WeChat, que na China é um dos principais responsáveis pela virtualização da economia, usuários do WhatsApp poderão enviar e receber valores pelo aplicativo.

Observem a importância do contrato eletrônico para a sadia recepção de aplicações com essa natureza.

Vejam: https://g1.globo.com/economia/tecnologia/noticia/2020/06/15/whatsapp-vai-permitir-enviar-e-receber-dinheiro-pelo-aplicativo-brasil-sera-primeiro-pais-com-a-novidade.ghtml

7 Curtidas

Segue a Circular n° 4.027 de 12/6/2020 do Banco Central que institui o Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI) e a Conta Pagamentos Instantâneos (Conta PI) e aprova seu regulamento.

3 Curtidas

Ainda não pude estudar a fundo a regulação do Bacen e como funcionará essa modalidade de transação.

Mas algo que me preocupa é a importância que o Whatsapp pode passar a ter na sociedade, e o poder de barganha que o Facebook ganha a partir disso. Vejo uma grande possibilidade de surgir algo como os superapps chineses.

2 Curtidas

Com certeza, Andrei. É um ponto que me preocupa bastante também.

Por outro lado, acredito que o SPI, além de reduzir o custo das transações financeiras, especialmente para os micro, pequenos e médios empresários, será uma poderosa ferramenta para reduzir o número de desbancarizados no Brasil (no ano de 2019, o número era de 45 milhões). Acredito que estamos seguindo o mesmo caminho que a Índia e o Quênia seguiram recentemente.

Por muitos anos, ficamos dependentes do duopólio das incumbentes Cielo (antiga Visanet) e Rede (antiga Redecard). Mesmo com a abertura do mercado de meios de pagamento na última década, assim como com a determinação da interoperabilidade entre/intra arranjos de pagamento, aquelas empresas continuam detendo a maior parcela do mercado. Com o SPI, acredito que haverá mais incentivos à inovação e, consequentemente, à concorrência, reduzindo os custos de transação tanto para os estabelecimentos comerciais quanto para os consumidores.

1 Curtida

@Lucian_Rocha

Sem dúvidas, a implementação do SPI pode representar um grande avanço no acesso de pequenos empresários e informais a ferramentas melhores e mais seguras para transações financeiras.

De fato achei interessante que os bancos parceiros para isso foram o BB, o Sicredi e o Nubank.

2 Curtidas

Sobre a questão de inovação, acredito que abrirá um novo mercado para Fintechs brasileiras com a possibilidade de manutenção de contas e sistemas de pagamento totalmente digitais e integrados á outras plataformas.

2 Curtidas

Concordo! Acredito que será um grande facilitador para as micro e pequenas empresas. No entanto, reflito se não seria uma ótima lacuna para aumento significativo de fraudes e golpes, tendo em vista que o Whatsapp já foi alvo diversas vezes com a invasão de hackers. A segurança das transações e a coleta de dados dessas transações me despertam uma certa desconfiança…

Pessoal, boa noite!

Lendo a notícia que o @julianomadalena publicou, alguns pontos chamaram a minha atenção no caso WhatsApp, sendo eles: (i) Ferramente permitirá que usuários enviem e recebam dinheiro, usando cartões cadastrados; (ii) Será preciso cadastrar um cartão com a função débito para fazer as transferências, (iii) Os pagamentos acontecem dentro de uma função chamada Facebook Pay; (iv) No futuro, os mesmos dados de cartão serão utilizados em toda a família de aplicativos da empresa Facebook; (v) Será preciso verificar o cartão junto ao banco, que vai enviar um código ao usuário por SMS, e-mail ou aplicativo do próprio banco e (vi) A transferência vai ser intermediada pela Cielo e será sem taxas para os usuários.

Acredito que essa nova ferramente irá facilitar principalmente as vendas das micro e média empresas que utilizam muito o WhatsApp para vender seus produtos. Prevejo que essa ferramenta futuramente será implementada também no Instagram, pois é outro App que é utilizado como intermediador de vendas. Assim, como a @manuelacella me preocupo com a segurança dos dados bancários dos usuários, aguardando as cenas dos próximos capítulos…

3 Curtidas

Oi pessoal, boa noite.
Acabei de encontrar este fórum, vi os temas, achei bem interessante e gostaria de contribuir.
Sobre este tema, já começamos estudos sobre a SPI, Open Banking (a circular do BACEN saiu, salvo engano no começo deste mês).
E, quanto às operações via whatsapp, a empresa que atuo possui canal grande de distribuição de produtos.
Porém, o receio maior são as fraudes que podem ocorrer? Vcs já se preparam/estudaram p isso?
E, quanto à integração aos programas de LGPD, alguém já avaliou este impacto?
Se alguém já levantou este assunto, peço desculpas.
Abs!
Rafael

1 Curtida

Atualizando!

Banco Central suspende as novas atividades de pagamento e transferência do WhatsApp.

https://www.bcb.gov.br/detalhenoticia/17108/nota

"No âmbito de suas atribuições de regulador e supervisor dos arranjos de pagamento no Brasil, o Banco Central (BC) determinou a Visa e Mastercard que suspendam o início das atividades ou cessem imediatamente a utilização do aplicativo WhatsApp para iniciação de pagamentos e transferências no âmbito dos arranjos instituídos por essas entidades supervisionadas.

A motivação do BC para a decisão é preservar um adequado ambiente competitivo, que assegure o funcionamento de um sistema de pagamentos interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato.

A medida permitirá ao BC avaliar eventuais riscos para o funcionamento adequado do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) e verificar a observância dos princípios e das regras previstas na Lei nº 12.865, de 2013. O eventual início ou continuidade das operações sem a prévia análise do Regulador poderia gerar danos irreparáveis ao SPB notadamente no que se refere à competição, eficiência e privacidade de dados.

O descumprimento da determinação do BC sujeitará os interessados ao pagamento de multa cominatória e à apuração de responsabilidade em processo administrativo sancionador."

1 Curtida

@Andrei.Zk, @RBazilio, @Lucian_Rocha e @julianomadalena acabei criando um tópico só sobre a Circular n. 4.027 do Bacen, para não confundir com as discussões das operações do WhatsApp.

Acredito que merecem tópicos próprios.

2 Curtidas

Superintendente-geral do CADE, Alexandre Macedo, derrubou hoje a suspensão das operações de financeiras pelo Whatsapp.

Segundo o órgão, a decisão de suspensão por parte do CADE tinha por fundamento o não esclarecimento sobre a existência ou não de exclusividade da Cielo como instituição financeira vinculada na operação, tendo sido demonstrado pela empresa que não há restrição para participação de outras instituições.

Após análise das informações apresentadas, a SG concluiu que a operação, em tese, possibilita a participação de outros agentes do setor, e que não há, por exemplo, limitações para que a Cielo preste seus serviços a concorrentes do Facebook que pretendam ofertar serviço semelhante. Também não haveria restrições a credenciadoras concorrentes para que forneçam ao Facebook os mesmos serviços prestados pela Cielo.

Fonte: http://www.cade.gov.br/noticias/cade-revoga-suspensao-de-parceria-entre-facebook-e-cielo-para-pagamentos-por-whatsapp

As operações do Whatsapp continuam suspensas por parte do Banco Central.

1 Curtida

É muito interessante a dinâmica de funcionamento do CADE, consegue exercer a fiscalização e regulação adequada com a efetividade que por vezes não é encontrada em um processo judicial.